Sempre que vir este símbolo, pode clicar para abrir a localização no mapa de postos Galp.

produtos
e serviços

05.07.2019

Ideias e Dicas

Trocar os Pneus? Quando?

Sabe quando deve trocar os pneus da sua viatura? Descubra como identificar o momento ideal para fazer esta substituição. 

Questiona-se acerca da mudança dos pneus do seu veículo? 

Esta questão é muito válida uma vez que os pneus são fundamentais para a segurança e performance do seu automóvel, tendo por isso de estar sempre em bom estado. 

Existem situações que exigem a substituição dos mesmos. Saiba quais! 

  • Em caso de furo 

Quem nunca teve um furo, levante a mão! 

Apesar da resistência dos pneus, os furos acontecem. 

Buracos na estrada, raspagens em passeios ou contacto com objetos pontiagudos podem danificar um pneu de forma irremediável. 

  • Em caso de não respeitar as condições mínimas exigidas 

O pneu tem sulcos na borracha cuja profundidade deve ser no mínimo de 1,6 mm – obrigatoriamente. 

Com o tempo, a borracha vai-se desgastando e perdendo relevo pelo que, quando se verifica que um pneu já não cumpre o requisito mínimo, deve ser imediatamente trocado.  

Nesta situação, além de comprometer a sua segurança, estará a arriscar-se a multas pesadas. 

  • Em casos de desadequação ao veículo 

Os pneus não são todos iguais, variando em fabricante, tipo de desgaste, dimensão, etc. 

Para além de utilizar os pneus adequados à sua viatura, use o mesmo tipo de pneu nas quatro rodas, garantindo a estabilidade. 

Por exemplo, quando trocar os pneus do automóvel é ideal que substitua todos ao mesmo tempo. Uma opção mais económica é substituir dois de cada vez. Neste caso, a troca deve ser feita no mesmo eixo, ou seja, ou substitui os da frente ou os de trás. Os mais recentes, por norma, devem ser colocados no eixo traseiro como garantia de melhor estabilidade. 

  • Em caso de envelhecimento dos pneus 

Os pneus não duram todos o mesmo tempo. Porquê? Existem condições que afetam a sua duração, tais como a manutenção, a carga, a velocidade a que costuma viajar, as condições das estradas por onde circulam, a temperatura a que são sujeitos, o local onde são armazenados, a pressão, entre outros fatores. 

Normalmente, um pneu pode durar até dez anos, mas o aconselhado por especialistas é que faça uma substituição espontânea ao fim de cinco anos ou 40.000 km de utilização. 

O envelhecimento dos pneus nota-se pelo desgaste da borracha e tem como consequência a diminuição da aderência dos mesmos. 

Como saber a idade de um pneu? 

Para saber qual o tempo de vida de um pneu é necessário averiguar qual a data de fabrico. 

Procure na lateral do pneu uma zona onde está registado um conjunto de números. Os últimos quatro dão-lhe esta indicação. 

Este código, denominado DOT, indica a data de produção da seguinte forma: os dois primeiros dígitos correspondem à semana e os seguintes ao ano. 

Por exemplo, se o código de quatro dígitos for “1512” quer dizer que o seu pneu foi fabricado na décima quinta semana de 2012. 

 

Aconselhe-se e cuide do seu veículo junto do parceiro Galp – MIDAS. 

Em diversas estações de serviço Galp encontra oficinas Midas que lhe oferecem um serviço de reparação de excelência, com garantia de rapidez, qualidade, competitividade e transparência. 

As reparações são, maioritariamente, concluídas em menos de uma hora e realizadas por profissionais competentes. Os preços bem como as condições de garantia são competitivos. 

A Midas garante que “todos os diagnósticos e orçamentos iniciais têm reflexo exato no valor final da fatura”. Confie! 

 

Cuide do seu veículo e circule em segurança! 

 

por

o seu novo cartão Galp Ready dá-he acesso a descontos em combustíveis Galp

está Ready para receber o seu cartão de descontos?
país
tipo cartão
O número de cartão incorreto.